• Banco Afro

Marcenaria do Bem

Iniciativa do Instituto Leo com o CIEDS mobilizou mais de 40 doadores no financiamento coletivo


Ontem, dia 14 de junho, uma nova fase da Marcenaria do Bem foi iniciada. Com o encerramento das inscrições para marceneiras e marceneiros e das doações do financiamento coletivo, iniciam-se agora o recebimento do auxílio financeiro para o segundo grupo e os resultados práticos da Iniciativa na vida daqueles que foram contemplados. 3.684 marceneiros e marceneiras que perderam a renda em virtude das medidas de isolamento social receberão o auxílio financeiro de R$600,00, dividido em duas parcelas de R$300,00 da Marcenaria do Bem, além de serem beneficiados com mais de 90 conteúdos, separados nos pilares Cuidar, Conectar e Capacitar, disponibilizados no site a fim de apoiar e apontar alternativas aos profissionais impactados, neste momento de pandemia. 

Para Valmir Aquino, marceneiro morador de São Paulo, o auxílio financeiro vai ajudar ele, sua esposa e seu filho. “Desde janeiro estou sem trabalho fixo. Agora vou poder garantir arroz e feijão em casa. Acredito que a Marcenaria do Bem  ajudará muitas famílias, já que o benefício vai para vários outros marceneiros”, diz.

Valmir não é exceção, pelo contrário. “No Brasil, 80% das marcenarias são compostas de micronegócios familiares sem reserva de caixa. A maior parte desses empreendimentos está em profunda dificuldade por causa da pandemia, diz Andrea Seibel, CEO da Leo Madeiras. 

A iniciativa foi capaz de mobilizar 44 doadores, somando R$2.278.246,01 e 3681 marceneiros beneficiados, nas cinco regiões do Brasil. Agora é momento de dar todo o apoio aos contemplados, para que usem seu benefício em saúde, alimentação e materiais de trabalho em marcenaria e fortaleçam a si e suas famílias. Para dúvidas, os marceneiros podem contatar o Atendimento da Marcenaria do Bem, de segunda à sexta-feira, de 9h às 20h no telefone (61) 99967-0851.


Para acessar o site: www.marcenariadobem.com.br  A iniciativa Marcenaria do Bem é uma iniciativa do CIEDS com o Instituto Leo, entidade do terceiro setor mantida pela rede Leo Madeiras, e parceria estratégica da Suvinil, Banco Afro e Duratex S.A. 

Texto por: Marina Rotenberg


Fonte: www.cieds.org.br

14 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Fale com o Banco Afro

Você pode chamar o nosso atendimento direto pelo WhatApp.

Respondemos em algumas horas!

Vamos tomar um café?

O Banco Afro é digital, mas feito por pessoas como vocês!! Sempre que precisar, pode nos chamar! É um prazer te atender.

Venha tomar um cafézinho no:

Ed. Capital Financial Center, Bloco B, Sala 06

SIG Quadra 04 - Brasília - DF

CEP: 70610-440

Ou nos chame pelos nossos canais de atendimento.

55 11 983879694

Assessoria de Impressa: Alessandra Costa
E-mail: alessandracostadivulga@gmail.com

  • Facebook - Círculo Preto
  • Instagram - Círculo Preto
  • YouTube - Círculo Preto
  • Facebook - Círculo Branco
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - Círculo Branco